2009-07-05

Leitão de Barros

Assisti hoje, ao ar livre, no Parque das Conchas a um dos filmes que mais me emocionou: "Lisboa, crónica anedótica", de Leitão de Barros, com acompanhamento ao piano, sendo a música improvisada pelo pianista. Raro momento. Não encontrei esse filme para partilhar convosco, mas lembro aqui "Maria do mar", do mesmo cineasta.


Aconselho a desligar a música no leitor do lado direito. Obrigado.



8 comentários:

  1. Deve ter sido uma experiência muito interessante, com os improvisos ao piano. Bom domingo.

    ResponderEliminar
  2. Olá Jota

    Nada melhor do que te ouvir falar de uma boa experiência, depois de um ano complicado.

    Lembro-me vagamente deste filme que nos deixaste, mas já lá vão uns bons aninhos.

    Beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  3. Aproveito para deixar aqui que te enviei um email, podes não ter reparado... Bom domingo.

    ResponderEliminar
  4. .____________querido Jota



    adoro o "olhar" de Leitão de Barros_________...




    ____________________///



    (envia um mail para mim (para eu ficar com o teu mail)________que eu envio-te uma foto em formato JPG. do quadro. o meu e-mail está no perfil do "fragmentos")








    beijO_______ternO
    bRestodeDomingo

    ResponderEliminar
  5. Deve ter sido bem interessante...
    Gostei de andar por aqui; a música, os videos..
    O problema deve ser realmente no meu PC; tenho mesmo que o substituir..
    Obrigada mais uma vez pela visita..
    Até já
    Abraço
    Marta

    ResponderEliminar
  6. Olááááá..., Jota.
    Há quantos anos não vejo cinema ao ar livre..., no verão, adorava.
    Abraço.
    Fátima

    ResponderEliminar
  7. Jota, obrigada pelas dicas..., mas..., pois..., tenho um problema... :)
    Amanhã vou à publicação de cima, tá?
    Boa noite Jota!

    ResponderEliminar
  8. Que delícia deve ter sido! Este que nos trouxe, impressionante e expressionista! Adorei. Obrigada, amigo!


    Beijos

    ResponderEliminar