2009-07-23

Férias. Poema. Música ( Lou Reed. Perfect day. )

Poucos são os que têm pausas quando lhes apetece e menos ainda os que gozam férias sem terem que olhar para o deve e haver do dia seguinte.
Umas boas férias para todos/as. Bom trabalho para quem nele ainda permanece.
Provavelmente, só em Setembro passarei por aqui. Saúde e alegria.



Sugiro que desligue a música no leitor ao lado.



anda na rua
com os cabelos
soltos e longos
até à cintura das jeans
peito altivo
e passo firme

é já raro
ver cabelos assim
talvez acorde mais cedo
de manhã
para o ter tão cuidado
e autêntico
mas é belo para ela
e para quem a vê
se é que vêem
tão cegos andamos
para as coisas simples

não és uma guerra interminável
nem um escândalo qualquer
à hora do jantar
és apenas
uma mulher
de cabelos soltos e longos
até à cintura
















10 comentários:

  1. Boas férias!! :)))

    Fico à tua espera... da boa companhia e poesia, etc... da boa música e belíssimos cabeçalhos de blog!

    Estou a começar as minhas, oficialmente só na 2ª feira. Um imenso cansaço, depois de tanto, mas tanto papel!

    Até Setembro...ou antes, hein?

    Beijinhos grandes :)

    ResponderEliminar
  2. Amigo...Bonito demais o poema... O especial é o simples... Tudo fica perfeito! E assim foi este post para esta necessária pausa tua. Que as tuas férias sejam repletas de dias simples, alegres e por conseguinte, saudáveis!

    Beijos e até!!!

    ResponderEliminar
  3. Só em Setembro..., isso é muito tempo :)
    Jota, está bonito o poema..., mas se um cabelo curto já dá trabalho, nem quero imaginar uma cabeleira dessas :)
    Assim é que é! Quantos mais "dias perfeitos" melhor..., muito melhor!
    (não ligues..., é sexta-feira)
    Jota, desejo que nas tuas férias todos os dias sejam perfeitos!!!

    Abraço.
    Fátima

    ResponderEliminar
  4. Ótimas férias pra ti.

    O Lou Reed! Já curti muito esse cara, muito maneiro.

    Bjos

    ResponderEliminar
  5. Olá Jota

    Cheguei aqui, finalmente, também já estava farta de descansar. Mas tu aproveita bem cada segundo das férias e principalmente respira fundo o ar descontraído do mar.

    Sabes, Jota, as coisas simples da vida parecem não ter valor nenhum nesta sociedade, mas é nelas que reside um bom motivo para rejubilar.

    O teu poema espraia-se nos cabelos caídos e soltos de uma mulher, embora contido e depurado é sensual e está cheio de alusões subtis.

    Beijinho e BOAS FÉRIAS,
    Isabel

    ResponderEliminar
  6. Uma pausa nas férias... e apenas de passagem para desejar aos meus amigos um óptimo fim de semana.
    Voltarei para comentar
    beijinho

    ResponderEliminar
  7. Esperando que a tua pausa nética esteja a ser fantástica e revigorante!

    O cabeçalho actual... adorei.

    Um beijinho cheio de férias :)

    ResponderEliminar
  8. A "vingança" do José: FÉRIASSSSSSSSSSSSSSSS...

    Abraço.
    Fátima.

    ResponderEliminar