2009-01-04

tontices ( ciclo - tentativas de humor )

aquela mulher
era teimosa
correu
correu
a vida inteira
e quando o coração
a mandou
parar
disse
comprimidos não tomo

tensão a dezassete

um dia caiu
redonda no chão
descansou no hospital
recuperou
e agora diz
não sei o que é
antes tinha mais força
não me doíam as costas
agora canso-me

e eu peço

tenha eu juízo
para não cair em tal teatro
em dia de plateia farta


9 comentários:

  1. Bom Dia

    Espero que a tua semana comece com toda a força para continuares a produzir este teu ciclo de ironias em terra aberta pela secura da rotina diária. Assim se vão libertando as pulsões da alma, se é apropriada esta palavra. As costas são sempre largas, lá diz o ditado popular. Mas a alma, (não estou a encontrar melhor para dizer vastidão), revitaliza os sentidos perdidos no palco da vida.

    Obrigada pelo hilariante comentário que me deixaste, já me aconteceu escrever, juntamente com o meu nome, as palavras deste rectângulo teimoso que temos de preencher para deixar o comentário. Às vezes formam palavras incríveis. Deixa lá, os burros além de simpáticos são bastante inteligentes e estão em extinção.

    Beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  2. e muito bem esta tentativa perfeitamente concretizada.

    ResponderEliminar
  3. BOM DIA

    Desculpa só agora vir aqui, estou atrapalhada com dois trabalhos que tenho de entregar na quinta feira.
    Um deles é o que se chama de seca, pedagogias e burocracias na educação, mas que remédio, lá vou eu.
    E obrigada pelos comentários, agora vou preencher o doladon na verificação das palavras, soa-me a analgésico.

    Acabei por não dizer nada, só me faltava falar do meu gato, esse tem mais tino que dorma dia e noite.

    Beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  4. O humor!
    Sem duvida um dos alicerces da vida
    a pimenta que da sal ao caminho
    muito bom
    continue
    Um abraço
    carlos

    ResponderEliminar
  5. Olá, obrigada por teres ido visitar
    o meu cantinho de palavras, podes voltar sempre, eu agora irei fazer o mesmo com o teu espaço.
    Ainda li pouca coisa mas vou te conhecendo e à tua escrita, a partir de agora.
    Beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  6. De manhã cedo começo a minha ronda. Hoje comento aquela justa frase de que só Deus pode julgar e só Ele nos conhece, se nos deixássemos de julgamentos viveríamos melhor. E aqui vai uma ironia que de bíblica não tem nada: J atura as tuas criancinhas que é delas o reino dos céus. Imagino as criancinhas que frequentam as nossas escolas a baterem nos santinhos e a apontarem pistolas d'água à cabeça do S. Pedro.

    Beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  7. Ai, "pomatar", eu nem acredito, tenho que escrever novamente, porque o meu comentário / resposta foi-se - magicamente. Já agora lhe digo que o "link" do blog está errado. Quando se clica em "pomatar" não se chega aqui. Porquê? Porque: http://poemar-te.blogsot.com/ (onde está o "p" do "spot"?)

    E..., pronto..., está bem..., já que insiste, eu levo o prémio e agradeço. Mas, para dizer a verdade, não acho grande graça aos selos da "comunidade". Vá lá que este "DARDOS" é aceitável, pelo menos não tem brilhantes.

    Publico aqui, porque tal como o "pomatar" também não quero "... cair em tal teatro em dia de plateia farta"

    "tontices"??? Não acho nada, antes pelo contrário, considero o bom humor um condimento indispensável em qualquer palco, prato ou seja lá onde for.

    Oxalá ou queira Deus, que não se tenha arrependido, mas quando leio "... saudade..." e "... para o bem e para o mal", não sei não.
    Não lhe estou a perguntar nada, apenas divago com as suas palavras.

    Sim pode colocar o "contracenar" (leve e airoso) aí ao lado, eu farei o mesmo com o "poemar-te"

    Até um dia destes e continue a "tentar".

    Saudações teatrais.

    ResponderEliminar
  8. "pomatar" / "poemar-te", no "contracenar", clicando no selo "dardos", acede-se ao seu blog.

    Colocando o seu "link" na lista de blogues, acontece que ao clicar-se vai para uma página de "feedburner".
    Fui verificar o que aconteceria no "Artista Maldito" - a mesma coisa.

    Se quiser, dê um jeito ao seu "blog". Para já, não vale a pena colocar o "poemar-te" na lista.

    Saudações.

    ResponderEliminar