2009-01-31

O diletante divertimento do mundo (Panfleto humorístico)

Para ser lido em voz em alta e cantado onde é para cantar.



olhai os ossos do che
nas caixas de cigarros
nos relógios swatch
nas t sirts das vendedeiras com a miséria às costas

aqui si queda la clara
la estranha transparência
de tu querida presencia
comandante che guevara

arriba arriba
olé
the show must go on
morreu diana a princesinha
vivó tvs news and magazines
never mind
ergamos os bollocks
ergamos os bollocks

allez allez allez vite
the show must go on
who’s next
who's next

com certeza
pois
o problema do pénis do mobutu
and smart mandela marcando pontos na diplomacia
massacres na argélia
amazónia morta
violações
murthers por segundo
amazónia morta
violações
murthers por segundo


aqui havia um jardim
grande
corria água
aqui havia um jardim
grande
corria água
grande
corria água


i’m whatching you
mother fuckers
be paciente little men
suffering and suffering
suffering is good for you
you wear it well


aqui havia um jardim
grande
corria água
aqui havia um jardim
grande
corria água
grande
corria água


mad men
you don´t need water anymore
betão is so good
grass
don’t be seely
erva nem pa fumar
trees
don’t be lunatic
árvores são inúteis
because the show must go on

oh ié
the show must go on
the show must go on
the show must go on


aqui si queda la clara
la estranha transparência
de tu querida presencia
comandante che guevara

aqui si queda la clara
la estranha transparência
de tu querida presencia
comandante che guevara



special thanks to

sex pistols
the who
rod stweart
George Orwell
Esuta zé ninguém
oh ié
the show must go on
oh ié
the show must go on
the show must go on

ah ah ah ah ah
ah ah ah ah ah

the show must go on





seccion-de-pintura-noruega-cbrynt

15 comentários:

  1. Olá!

    Tenho a dizer que o blogue está óptimo! O "The End" fica a matar no conjunto :)

    Parabéns!

    E muito obrigada pelo prémio! Agradeço sinceramente a referência e a simpatia. :)

    ResponderEliminar
  2. Well...the show must go on.

    C'est la vie...

    rs...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Li em voz alta e cantei onde se devia cantar... fiquei cansada e agora vou dormir.

    Boa noite!

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito deste seu trabalho. Não está fácil de entender tudo. Penso que na actualidade deveremos investir tudo na educação das pessoas. Os nossos jovens continuam vazios sem grandes metas.É urgente motivá-los para o respeito pela água, a floresta pela biodeversidade da fauna e da flora e ainda pelo respeito dos valores que foram chegando até nós.
    Dos politicos nada digo pois já ninguem acredita em tramoias e festanças para se manterem empoleirados quais galos convencidos, arrogantes e mal cheirosos.........

    ResponderEliminar
  5. Não fiquei horrorizada, mas ainda não tinha visto.
    Não cantei como a Ematejoca, para não fazer barulho e não desafinar.
    Mas como o poema diz "The show must go on".
    Abraço
    Isabel

    ResponderEliminar
  6. Olá Jota

    Onde a água corria havia inocência, havia não, ainda há, ainda corre nos "jardins". E há quem os continue a guardar com "espadas flamejantes".


    O espaço está óptimo.
    Beijinho e bom início de semana,
    Isabel

    ResponderEliminar
  7. Deixei no meu blogue, com muito carinho, um miminho para si.

    Voltarei

    Beijinho

    MV

    ResponderEliminar
  8. ._______querido Jota



    radicalmente_____digo da tua mudança



    mas tenho que dizer que



    .é______excelente



    intervenção_____nas tuas palavras



    que



    tocam
    em pontos bem-certeiros







    eu gosto muito.PARABÉNS!





    beijO______ternO.amigo

    bSemana

    ResponderEliminar
  9. Olá Jota

    Passo para te desejar um dia sem dores e sem burocracias, o melhor possível.

    Sabes que acabei de ler um texto sobre os filhos de Rousseau da autoria de António Magalhães. Fiquei estupefacta, porque os argumentos dele contra a análise de Filomena Mónica ao estado da educação se baseia no escudo político. Chega a ter o despudor de dizer: "como bem diz o sr. ministro da educação", depois diz "A. Santos Silva foi a única voz" contra o senso comum! Ora como se pode levar a sério um texto que se afirma atrás do actual Ministro dos Assuntos Parlamentares e apoiante da Ministra da Educação?

    Foi apenas uma preocupação, isto dá que pensar.

    Fica bem, beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  10. Um pouco polémico este teu poema / texto.
    But, "The Show Must Go On"

    ResponderEliminar
  11. "Andei à nora" com esta publicação que li e reli, ficando-me um gosto muito bom, mas... inda agora não sei se terei conseguido chegar à mensagem.
    Deixo duas questões:
    1.º Che como referência no mundo das lutas políticas e sociais e hoje quase apenas "lembrado" nas camisolas,artigos diversos ...???
    2.º Fará falta outro Che para fazer novamente correr a "água nesse grande jardim"???... (que admiti ser "algo" em sentido figurado)
    Ter-me-ei afastado completamente do que pretendias dizer-nos?

    Beijinho

    MV

    ResponderEliminar
  12. Poemar-te, boa tarde!
    Já no outro dia tinha lido este ost e acho-o engraçado, vem na equencia da conjugaçao do verbo 2"blogar", uma crítica social em jeito irónico.
    Achei piada tb a este. :)
    P/curiosidade, quem é vc? Homem? Mulher? E pk essa do perfil? Desculpe lá a curiosidade... :)
    Um abraço e votos de uma tarde feliz.

    ResponderEliminar
  13. olá Ana Paula, conhecemo-nos "ricardando" e agora cruzamo-nos p/aqui :)

    um bj

    ResponderEliminar
  14. não sei se li / cantei direitinho mas foi divertido fazê-lo.
    e é claro que "the show must go on"
    lets do it!


    abraço
    luísa

    ResponderEliminar