2009-01-16

blogando ( tentativas de humor 5 )

blogo
blogas
bloga
blogais
blogam
blogamos
porque estamos
com algo mais
ou algo menos
não sei
talvez as duas coisas
estranhando-se mutuamente
blogamos
porque amamos
vaidamos
solitamos
ou a energia é tanta
que os dedos massacrando as teclas
amansam a fera encurralada
no quotidiano que não permite
devaneios
além do estabelecido pela
ordem democrática e desassumida
sem sabor

estas visitas
estes convites
estes entrar e sair
são as casas
quase
os quartos
do nosso corpo alma coração
errante
errado
ou certeiro
que sei
que sabes

blogo
blogas
bloga
bloguemos
e
um dia
quem sabe
do virtual surja
algo de real

mas afinal o que é o real
ó estafada retórica escolástica
cala-te
que o "dia claro" virá
e a aurora
em silêncio
beijar-te-á os cabelos

"dia claro" é de Almada Negreiros em A invenção do dia claro Saiu, assim, pronto...



imagem http://imonteverde.blogspot.com/

24 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Grato pelas visitas ao meu blog e pelo premio. No entanto, não deixo de ficar perplexo com confidencialidade ligada a identidade do autor...mesmo se, não ha poema (arte) sem mistério e procura.

    ResponderEliminar
  3. Portugal, onde estás?

    Blogamos porque afinal até temos tempo para blogar.

    Hoje, aqui, está um belo dia de Sol. E aí?
    Logo, não vou blogar, não. Marquei encontro com a tarde e o Sol.

    Bom sábado, poemar-te!

    ResponderEliminar
  4. Eu blogo, tu blogas, nós blogamos e, como dizes, assim nos vamos encontrando.

    Achei fantásticas estas tuas palavras irrequietas, coloridas, verdadeiras e tão certeiras sobre os e as blogueiras.

    Acredita que foi um prazer imenso vir aqui ler-te.

    Um beijinho

    MV

    ResponderEliminar
  5. Estranho... Eu não removi nada. Que se passou? Detesto censura.

    ResponderEliminar
  6. Procuro entender, ver e descobrir como se pode blogar, brincar e rir com coisas sérias.
    Este tempo está a ficar "desalmado"
    Blogo e blogando o tempo passa.
    Talvez amanhã o blog seja outro, seja ouro ou mouro carregado de frustrações, ilusões mas muitas conquistas.

    ResponderEliminar
  7. "a energia é tanta
    que os dedos massacrando as teclas
    amansam a fera encurralada"...

    Te deixo um beijo imenso

    ResponderEliminar
  8. Olá J

    E venho eu blogar num Domingo à tarde, é já bloguimania, mas devo estar como a chuva, massacrando...sinto-me encurralada sem poder ir dar o meu passeio à beira-mar. Que me resta? Blogar no poemar-te.

    Beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  9. Poemar-te, coloco o blog só para convidados quando estou a publicar, porque convidados não tenho nenhuns. Por acaso neste momento estou no blog, mesmo vendo que há outros on-line, mas como estou só a "inventar"... - quero um relógio, porque me despisto com as horas. Talvez mude o cabeçalho..., não sei..., estou só à espera do "João pestana", mas como hoje dormi a manhã inteira. Vamos lá ver.

    "...O verso do Bandeira "Eu faço versos como quem morre" estás a referir-te ao "poema ao acaso"? Os poemas são sempre diferentes quando se entra no blog - encontrei no site http://www.astormentas.com/

    Penso que essa visão a que chamas "romântica" talvez ainda exista, não sei, mas penso que não em todas as áreas artísticas, talvez na escrita, na música erudita..., não sei mesmo
    No teatro (eu não sou actriz!) e falando de actores profissionais - os que realmente estudaram para isso, não aqueles que aparecem caídos não sei de onde - os mais jovens são completamente diferentes dos mais velhos. Estes ainda sofrem e trabalham intensamente durante os ensaios. E nos momentos anteriores a qualquer sessão, cada um tem a sua forma de se concentrar, porque para eles é importante. Quando sentem (ensaios) que não estão a conseguir encarnar a personagem, ficam muito desanimados. Tambem é minha missão, e mesmo que não fosse, dar-lhes ânimo, força. Também é minha missão, e mesmo que não fosse, contribuir para que o ambiente entre eles e também com os criativos seja o mais ameno possível e que o entendimento prevaleça. Às vezes é difícil. Às vezes nem consigo. Isto para dizer, que vejo os mais novos, diferentes, talvez porque têm mais facilidade, mas tambem para alguns, é apenas mais um trabalho, outra personagem e pouco mais. Estou, obviamente, a generalizar.
    Isto vai longo.
    Fiquei confusa. É possível alguém de fora eliminar um publicação nossa? Censura? Hummm..., não gostei, não!

    Bom começo de semana.

    ResponderEliminar
  10. Poemar-te, só te peço uma coisinha, por favor:

    - "... o visual do teu blogue, tão discreto que encanta..."

    NÃO - DETESTO esse tipo de blá...blá...blá..., sincero ou não.

    Desculpa lá, mas cada um é como é! E eu sou assim!

    ResponderEliminar
  11. Olá,

    Passando para conhecer seu belo espaço e desejar uma linda semaninha e muita paz em sua vida.

    Smack!

    Edimar Suely
    jesusminharocha.blig.ig.com.br

    ResponderEliminar
  12. Poemar-te, poemar-te, o joão pestana não chega, e este diálogo tardio já me está a dar vontade de rir.

    1. Se fiquei a saber alguma coisa sobre a tua pessoa, foi porque qiseste escrever. Aqui, não faço perguntas..., quer dizer..., se alguém está doente e publica sobre o assunto não fico indiferente, aí pergunto.

    2. Não foi um comentário que desapareceu, foi o teu vídeo sobre Portugal, que tu próprio escreves que não eliminaste e detestas sensura.

    3. O layout é do Google.

    4. Não me importo de te dizer que nunca fui actriz, mas sim, houve uma altura da minha vida que o desejei, mas já tinha uma família, a qual coloquei sempre em 1º lugar. Não estou arrependida, porque nem sequer foi uma opção.

    5. Editei o meu perfil (Menina? Senhora?)

    E..., por agora, acho que mais nada.

    Vá..., vá mas é dormir, que dormir e descansar também faz falta.

    Despeço-me :)))

    ResponderEliminar
  13. Olá!! Muito obrigada pela mensagem lá no blog. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  14. Olá J

    Venho desejar-te um bom início de semana e prometo que um dia vou criar um blog de ouro só para homens, assim ficamos empatados.

    Fica bem, beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  15. O que aconteceu J? Parece que ficaste a noite com insónia e tiraste o sono à Contracena. Não te massacres com as teclas que agora sou eu que ando aqui a dar voltas à cabeça para dourar o selo do blog de ouro só para homens...blogueiros e "não-sexistas"!

    Vou, bj
    Isabel

    ResponderEliminar
  16. Parece-me que todos nós que andamos aqui, conjugamos o verbo blogar, que é muito divertido, tomamos chás, vamos aos espaços de leitura, mudamos de cidade, viajamos, não digas que não se torna divertida toda esta agitação que até deu para poemar!!!
    Beijos
    Isabel

    ResponderEliminar
  17. blogando aqui p dizer q gostei do poema :)

    fragmentus

    ResponderEliminar
  18. blogando aqui p dizer q gostei do poema :)

    fragmentus

    ResponderEliminar
  19. Bom Dia Jota

    Até que enfim, agora já posso entrar no poemar-te através da lista de blogues. Venho desejar-te um dia razoavelmente feliz, já sei que com tantas burocracias não será possível melhor. Olha vai-se fazendo por levar isto tudo da melhor forma.

    Um beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  20. Hoje venho desafiar-te para blogar de outra forma,tens lá no meu espaço um desafio, se o quiseres aceitar.
    Beijinho
    Isabel

    ResponderEliminar
  21. .________meu querido Amigo





    gostei deste _____Blogar:=))






    _________________///









    beijO_____ternO
    bFsemana

    ResponderEliminar
  22. aceitei o convite e vim conhecer.
    intervalo!
    eu continuo a blogar
    volto

    ResponderEliminar
  23. Pois parece-me que saiu mesmo muito bem o poema! :)

    Blogamos algures entre o real e o virtual. E o que parece sem sentido, às vezes pode ser o mais autêntico. Ou não.
    O poema encerra profunda reflexão.

    Este gatinho preto, aqui ao lado, é tão giro! Consigo aperceber-me da sua respiração :)

    Um bom início de semana.

    ResponderEliminar